HBO attacking BitTorrent

October 7th, 2005

Estava demorando. Desde a derrubada do suprnova a comunicadade bittorrent não recebia nenhum ataque frontal — até agora. A HBO está atacando o bittorrent e em grande estilo! Além de usar a já batida tática de envenenamento de arquivos ela está inundando os trackers com clientes que só distribuem cópias danificadas, na tentativa de dimunuir o fôlego das transferências de episódios da sua série Roma. Aparentemente o contra-ataque está surgindo na forma de listas negras usadas através de DNS, similares às já existentes para evitar o recebimento de spam de nós conhecidamente maliciosos.

Seria essa hora de aproveitar o protocolo de troca de mensagens do azureus para algo mais? Afinal, como dito na matéria da O’Reilly Radar, com o protocolo do bittorrent, é trivial descobrir se um dado usuário está lhe enviando pedaços danificados do arquivo. Difícil seria compartilhar e dar crédito a notificações de nós máliciosos de forma confiável — ou seja, lidar com o problema de confiança distribuída.

Ian Van Dahl – Castles in the Sky

Filosofia de Bar

September 21st, 2005

Envelhecer é acumular frustrações

Eu… meia garrafa de vodka depois

***
Propellerheads – Crash

Guerra dos Clones

September 20th, 2005

O pessoal não cansa de criar clones do Ruby on Rails em python. Primeiro veio o Subway, depois o Django e agora agora apareceu mais um, o TurboGears. O que esse último tem que os outros não tem? Praticamente nada, a única grande diferença é que ele foi construído usando projetos mais antigos para python ao invés de começar tudo do zero. De qualquer forma, isso não vai dar certo…

***

Criptigrafar senhas no lado do cliente com RSA e JavaScript? Tem gente que não só afirma que funciona como também dá dicas de sítios sobre AJAX e JavaScript

Tom Jones & Stereophonics – Mama told me not to come

Science is about being a blind man with a stick

September 13th, 2005

What you learn, when you read works like Novum Organum by Sir Francis Bacon, is that science is about being a blind man with a stick, and he who most persistently pokes blindly ahead of him, contributes the most to our understanding of the Universe, though only if he is willing to accept what the poking tells him that he does not want to be true.

Hans Reiser
Bob Sinclar – Love Generation (radio edit)

Ajax, prototype.js, MochiKit

September 8th, 2005

Acho que estou ficando velho e avesso a ficar aprendendo linguagens novas apenas pela mastrubação mental. JavaScript então consegue ir além da simples preguiça — a linguagem é horrivel de ler, estranha demais! Parece que existem agora algumas ferramentas que melhoram sensivelmente esse problema, fazendo programação AJAX ficar trivialmente fácil.

Security Link Fest

September 1st, 2005
Acounstic Cryptoanalysis
E você achando que não tinha mais com o que se preocupar…

Military Grade Wireless Security

Nem WEP nem WPA: o lance é usar IPSec para protejer links sem-fio

Routing in the Dark — Scalable searches in dark P2P networks

Apresentação do Ian Clark sobre o Small-World Networks, roteamento nessas redes e coisas similares.

Relembrar é Viver. Rever velhos conceitos é sobreviver.

August 26th, 2005

Eu só gostaria de dizer que Perdeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeuuuu!

***

Presente dado….

– Vai, que ninguém está olhando!

Presente recebido…

– Oi. A Srta. poderia fazer a gentileza de devolver a decoração?

***

Da série “gol de placa não ganha campeonato”:

– De onde você é?
– Do mundo!

Da série “hipoglós no sovaco”:

– E amanhã (domingo)?
– Ah! Amanhã a gente acorda umas 6 da matinashhh, vai para o Fitnesshhhhh Centershhh e malha até as 9!

Da série “empregos temporários” :

– Ow moço, quanto é a cerveja?!
– Ah?! Ah! sim, latinha custa R$ 2, latão são R$ 3, para moça bonita faço dois por R$ 5.
– Ah, tio! Faz 3 por R$ 7,50…
– Cara, e o RedBul, ta quanto?
– Segura ai, malandro, que eu acabei de acabar de pegar esse ponto!

Err… Quem tem 120 reais para me dar para eu porder voltar ao Rio daqui a duas semanas?

Camp – Teach Me

Revisitando Velhos Problemas

August 23rd, 2005

um tempo atrás eu comentei sobre algumas ferramentas escritas em python para fazer network sniffing. Precisei construir uma ferramenta dia desses e me dei conta de que aquelas listadas não bastariam. Acabei tendo que recorrer à pcapy e à dpkt. A primeira é um binding da libpcap para python, um dos poucos que permite ler um trace-file em off-line. A segunda é uma ferramenta que facilita a leitura e a decodificação de pacotes lidos diretamente da rede. Por exemplo, com a dpkt é muito fácil extrair o payload de um pacote UDP contido dentro de um pacote IP, por sua vez contido dentro de um pacote Ethernet.

***

E vamos ao linkfest:

Why’s (poignant) Guide to Ruby
Fiquei curioso para ver como ruby é e acabei caindo no guia introdutório de uma linguagem de programação mais louco que eu já vi.
Really getting started with Rails
Mais outro tutorial sobre rails
Hugos House of Weblog Horror – Archiv der Kategorie ‘Python’
Um bom weblog sobre python em alemão.
Ian Bicking – A Conservative Metaclass
Ótima referência sobre o que fazer e o que não fazer quando estiveres fazendo uma metaclasse em python
MIT OpenCourseWare – Applied Statistics, Spring 2003
Da série “relembrar é viver”
HP Technical Reports – Peer to Peer computing
Para os interessados, uma visão geral da área de P2P pelo pessoal da HP.

Solteiro no Rio de Janeiro

August 23rd, 2005

Meio que na pressa, como que se fosse uma decisão tomada na hora, fui para o Rio de Janeiro, passar o final de semana. Só tenho que reclamar do tempo que foi curto.

Rio de Janeiro - Welcome to Sugar Loaf

Por que essa foto sem graça? Por que nenhuma outra faz juz à cidade :-P

Comparações entre Web Frameworks

August 17th, 2005

Dia agitado na blogsphere das linguages dinâmicas mais hypes do momento: ruby e python ;-) E, novamente, tudo por causa do Ruby on Rails.

A menos que você esteja escondido em uma caverna (porque o RoR já apareceu até na slashdot), a proposta do Rails (bem como da maioria das web frameworks que estão aparecendo) é facilitar ao máximo a vida do programador de “webapps”, geralmente adotando uma filosofia DRY e organizando a aplicação segundo um modelo MVC. Nada de escrever código para fazer CRUD: a arquitetura faz isso por você. Nada de escrever código SQL: usa-se algum tipo de ORM para transformar acesso a objetos em acessos ao banco de dados.

Desta vez a agitação ocorreu não devido a outra language-war entre o pessoal do Ruby e do Python, mas devido a uma comparação entre o Rails e o Django, a proposta do mundo pyhton para o Rails. Essa comparação, entitulada A comparison of Django with Rails, gerou uma boa seqüência de artigos e comentários.

Enquanto alguns artigos concentraram-se em fazer comentários sobre essa comparação ou de explicar como migrar de um web framework para o outro, outros voltaram para as comparações. entre as linguagens.

Para quem quiser entrar mais no mérito das language-wars, uma boa pedida é o artigo Ruby, Python, “Power” ou uma entrevista com o BDFL do mundo Ruby, onde ele comenta sobre closures e coisas do gênero.

Vale a pena dar uma lida nos comentários de todos os posts “linkados”: muita coisa boa pode ser peneirada de lá. Além disso, vale a pena dar uma olhada no seaside, uma web framework para – pasmem – smalltalk.

Eu quero é sossego

August 17th, 2005

Eu só preciso me convencer disso…

Yahel & Eyal Barkan – Voyage (Sunstancia Remix)

Pedala, Macambira

July 20th, 2005

Murphy simplesmente adora o Prof. Macambira. Ou seria o professor que não cansa de desafiar Murphy?

***

Isso, dorme no ponto…

***

Não, até aquele domingo eu nunca tinha bebido uma Pepsis tão gostosa. Ah, é, eu sou dislexo. ;-)

***

“Clã das Adagas Voadoras” é o filme! Vê-lo logo depois de assistir a “Kill Bill 2″ então é de deixar qualquer um eufórico.

***

E os links python do dia são:

Viva La Chipperfish
Blog sobre Webdevelopment, frameworks, Python e outra coisas do gênero

Django Project

Seria esse o real competidor do Ruby vindo do mundo Python?
Bloc Party – Banquet

Festival BMF escala DJs Tiga e Paul van Dyk

July 14th, 2005

Quem vamos para o BMF?

Kamaelia

July 12th, 2005

Direto do sítio do Kamaelia:

Kamaelia is designed as a testbed for network experimentation using a component architecture designed to simplify creation and testing of new protocols for large scale media delivery systems.

But what is it?

A collection of python generators running concurrently linked via communications channels.

Idéias começaram a pipocar na minha menta na hora que eu li isso. Eles até fazem uma comparação entre esse projeto e o Twisted no blog deles. Detalhe: esse projeto é do pessoal da BBC opensource.

***

Esse cara faz uns desenhos bacanas.

Paul Johnson – It’s a Love Thang

Só tenho quatro coisas a dizer….

July 7th, 2005

Passou. Eu defendi. Não pude comemorar no dia, não pude voar para Fortaleza para me encontrar com um tanto de gente que eu queria ver mas ainda assim, no domingo, reuni amigos e enchi a cara – e ainda paguei para que os outros enchessem também. ;-) Para todos que não puderam passar ou não ficaram até o final da comemoração, eu só tenho quatro coisas a dizer:

Johnnie Walker Black Label

Falando sério, para todos aqueles que ligaram, postaram aqui, enviaram SMS, meu muito obrigado. Foi um parto de 2 anos, com vários momentos chatos e é bom saber que tinha gente que torcia por mim, gente que tinha saco de escutar as minhas lamúrias via ICQ. Enfim, tudo isso seria muito mais díficil se não fossem vocês.

Lápide

June 27th, 2005

Aqui está ela:

Fotografia da chamada para a defesa de metrado

Belezamusica – Running Away

Alô comunidade, agora é sério

June 24th, 2005

Acabei não “postando” esse na hora certa mas… vai assim memso :-)

Pronto! Entreguei o texto para o Exlmo. membro externos da minha banca. Agora? Agora fudeu geral, muleque!

Placebo – You don’t care about us

Abortos com controle de versão

June 24th, 2005

Acabei de abortar a minha filha. Fotos da pimpolha aqui e aqui.

Agora só resta esperar…

Os mutantes – She’s my shoo shoo

O fim enfim?

June 21st, 2005

Cruzes! Estou recebendo sinais de que o fim está chegando enfim…

Primeiro foi isso:

Finalmente terminei de ler os textos de voces. Quando puderem, passem por aqui para a gente conversar. Em linhas gerais, acho que estamos perto do fim, afinal. :-)

As datas no momento sao: bgrossi, 13:00-30/06; tmacam, 10:00-01/07

Depois veio a confirmação, direto da secretaria:

  * Aluno: Tiago Alves Macambira
    Título da dissertação de mestrado: Monitoração de Tráfego
    Par-a-Par em Tempo Real
    Data: 01-07-2005 - Horário: 10:00
    Local: Sala 2029 - ICEx
    Comissão: prof. Dorgival Olavo Guedes Neto - orientador (DCC - UFMG)
              prof. Carlos Frederico Marcelo da C. Cavalcanti(DECOM-UFOP)
              prof. Wagner Meira Júnior (DCC - UFMG)

E agora, maluco?!

Uh.. alguém quer ler a prévia da dissertação :-)

Lenny Kravitz – Mr. Cab Driver

A procura dos (próprios) erros

June 13th, 2005

As coisas geralmente ficam mais simples quando você lê os próprios avisos:

g++  -Wall -ggdb -g3 -D_GLIBCXX_CONCEPT_CHECKS -DP4P_SIGNATURE_SHORT_CIRCUIT=8388608l  -c -o writers_pool.o writers_pool.cpp
In file included from writers_pool.h:21,
                 from writers_pool.cpp:14:
p4p_short_circuit.h:27:3: warning: #warning P4P_SIGNATURE_SHORT_CIRCUIT enabled: logging and opportunistic caching of files will be compromised

Brazilian Girls – Don’t Stop