Archive for the ‘Mac’ Category

Reparo no Time Machine

Friday, October 2nd, 2009

Então, como eu falei antes, enviei o meu Macbook para o reparo, onde trocaram a placa lógica dele. Depois disso o Time Machine parou de reconhecer o disco de backup antigo que eu usava. Na verdade, ele passa a ignorar todos os backups anteriores e resolve criar um backup novo, do zero. Desnecessário dizer que isso tira metade da graça em usar o Time Machine (backups temporais), sem comentar os desperdício em espaço em disco — vou praticamente ter duas cópias dos mesmos dados do disco de backup.

E aí, Bial, como fazer para resolver isso?

Existem bons guias em inglês dizendo como resolver; coloquei links para eles ao final desse post. Mas, para aqueles que têm algum problema com o inglês, vamos ao passo-a-passo de como resolver isso na velha língua de Camões. Como alguns comandos requerem o uso da linha de comando, vou assumir certa familiaridade com a mesma.

Entendendo o Problema

Antes de mais nada, uma rápida explicação. O Time Machine usa um identificador que fica atrelado à sua placa de rede (o seu “endereço MAC“) para reconhecer o backup de um micro. Isso permite inclusive que um mesmo disco de backup seja compartilhado por vários micros: cada um terá seu backup identificado unicamente pelo endereço MAC do seu respectivo micro.

Todavia, se a placa lógica de um micro muda, o endereço MAC dela também muda. Por isso, quando o Time Machine for procurar por backups anteriores do seu micro, ele procurará backups associados ao identificar atual do micro — ou seja, ao seu novo endereço MAC. E é por isso que ele não encontrará seus backups anteriores: todos os seus backups ainda estão atrelados ao antigo identificador do seu micro e não ao novo. Para corrigir esse problema temos que “informar” o Time Machine sobre essa mudança de identificador. Na prática, apenas atualizaremos o endereço MAC nos backups antigos com o novo endereço MAC. Assim, o Time Machine identificará seus backups anteriores como backups do micro atual e nada do seu histórico será perdido.

Coletando algumas informações

Antes de prosseguir, você terá de cololetar algumas informações

  • Mount-point do Time Machine
    Provavelmente será dentro do /Volumes, alguma coisa como '/Volumes/Time Machine' ou, no meu caso, '/Volumes/Backups do Time Machine/'.
  • Diretório onde o Time Machine guarda os backups antigos do seu micro
    Dentro do volume/mount-point do Time Machine haverá uma pasta chamada Backups.backupdb e, dentro dessa pasta, haverá uma (provavelmente) com o nome do seu micro. Essa é a pasta que contém os seus backups antigos. No meu caso, o path completo para ele era /Volumes/Backups do Time Machine/Backups.backupdb/notebook
  • O antigo endereço MAC do seu micro
    Sim! Você vai precisar dessa informação. Se você não tinha anotado o seu antigo endereço MAC em algum lugar o que lhe resta é extrair essa informação direto do Time Machine. O comando abaixo deve resolver esse problema. Adapte as nomes dos diretórios de acordo com as suas configurações

    $ cd /Volumes/Backups\ do\ Time\ Machine/Backups.backupdb/
    $ xattr -p com.apple.backupd.BackupMachineAddress notebook

    A saída desse comando deve ser algo como 00:1e:c2:1e:1e:ca. Esse é o valor do seu antigo endereço MAC.
  • O novo endereço MAC do seu micro
    O comando abaixo deve dar conta de lhe fornecer essa informação

    $ LC_ALL=C ifconfig en0 | awk '/ether/{print $2}'

    O resultado deve ser um identificador como 00:22:41:22:16:f3. Esse é o endereço MAC atual do seu micro.

Passo-a-Passo

De posse de todas as informações necessárias, vamos agora ao passo-a-passo para resolver esse problema.

  1. Se o disco de backup estiver conectado, desconecte-o.
  2. Em seguida, desligue o Time Machine. Você não vai querer ele interagindo com você enquanto os ajustes são feitos. Vá lá no “Preferências do Sistema”, vá na área do Time Machine e desligue-o.
  3. Reconecte seu disco de backup.
  4. Desabilite temporariamente as ACLs no volume da Time Machine. Não precisa ficar com cara de Amélia se você não entendeu. Apenas digite os comandos abaixo:

    $ sudo fsaclctl -p '/Volumes/Backups do Time Machine/' -d
  5. Dentro do raiz do volume do Time Machine existe um arquivo invisível cujo nome corresponde ao identificador MAC antigo do seu micro precedido por ponto e sem os “:”, ou seja “.001ec21e1eca“. Esse arquivo terá de ser renomeado para refletir o valor do novo MAC. Aplique o mesmo processo ao novo MAC e você terá o novo nome para esse arquivo.

    $ cd /Volumes/Backups do Time Machine/
    $ mv .001ec21e1eca .0022412216f3
  6. O diretório com seus backups antigos possui um atributo extendido com o valor do MAC antigo. Atualize-o com o valor do MAC novo.

    $ cd /Volumes/Backups do Time Machine/
    $ sudo xattr -w com.apple.backupd.BackupMachineAddress 00:22:41:22:16:f3 Backups.backupdb/notebook
  7. Reabilite as ACLs no volume da Time Machine.

    $ sudo fsaclctl -p '/Volumes/Backups do Time Machine/' -e
  8. Desconecte/Ejete o seu disco de backup
  9. Re-habilite o Time Machine
  10. Reconecte o seu disco de backup

E é isso. Após tudo isso o Time Machine deverá iniciar um outro processo de backup — e esse deve demorar um pouco mais já que provavelmente seu micro estava há um bom tempo sem fazer backup.

Referências

Reparo no Macbook Pro

Monday, September 28th, 2009

Meu Macbook Pro estava com um problema estranho: desligava espontaneamente quando passava um tempo apenas na bateria, mesmo essa tendo carga. Bastava um “while true; do echo 1 > /dev/null; done” rodando em dois terminais para, em questão de minutos, o mac apagar. Mas apagar mesmo, de não voltar até que fosse ligado no cabo de força. E repetindo: a bateria ainda tinha (muita) carga.

Depois de muito adiar levei ele na assistência para ver se resolvia o problema. Antes de mais nada, tenho que dizer três coisas:

  1. Primeiro, Deus salve o momento em que fiz meu plano AppleCare — valeu cada centavo!
  2. Pela primeira vez na vida não me senti enganado por uma assistência técnica. Gostei muito do serviço lá da TecMania, aqui em Belo Horizonte mesmo. Recomendo mesmo. :-)
  3. Finalmente, PQP!, Time Machine!

O que ocorreu foi que depois de descartarem que o problema fosse a bateria, que parecia estar normal nos testes, resolveram trocar a placa lógica (logic board) do coitado. Trocaram e o problema persistiu. Pegaram uma bateria zerada que havia chegado a pouco por lá e tentaram reproduzir o problema. Como não conseguiram, deduziram que foi a bateria, e que a minha estava claramente defeituosa. Menos mal, fiquei com uma bateria nova e uma placa lógica nova sem pagar nada. Digo, tudo pago pelo AppleCare.

Tudo foi bem rápido. Mais rápido do que o esperava e quase tão rápido quanto eu gostaria. Todavia, depois de ter a placa lógica trocada, o MBP se comportou um pouco estranho:

  • O iTunes disse que não podia mais tocar as músicas da minha coleção porque não tinha permissão.
  • O Time Machine não reconhecia os backups antigos que eu tinha.
  • O VMWare Fusion passou a perguntar se eu tinha movido ou copiado minhas máquinas virtuais.

O que ocorreu foi que com a mudança da placa lógica, muitos programas acharam que eu tinha mudado de micro, o que não foi de fato o que ocorreu. No caso do iTunes foi só autorizar esse “novo” computador. O VMWare funcionou sem problemas depois que eu disse que “copiei” as máquinas virtuais. Com o Time Machine não foi bem assim…

Handbrake novo

Thursday, November 27th, 2008

Só para tirar a poeira do blog — e iniciar uma nova seção do mesmo. Saiu uma nova versão do Handbrake, um probrama para Mac (com versões para Linux e Windows) que converte seus DVDs para vários formatos interessantes, entre eles os formatos suportados pelos iPod (5G), iPhone, Apple TV, PSP e muitos outros.

De especial a nova versão permite agora a conversão a partir de vídeos em qualquer formato, não somente em DVD. Sim! Agora você aquele seu amigo pode converter os vídeos .AVI do Family Guy que ele baixou da internet para o iPhone ou para o PSP dele :-) Bom lembrar que esse programa pode ser útil também para aqueles que querem diminuir o tamanho dos seus vídeos pois ele suporta a codec H.264, que consegue taxas de compressão muito boas — melhores do que as que se obtem com Divx e similares.

E é isso.

Via Wired Blog: Handbrake Still the Best DVD Converter, Now Handles Any Video Format.