Archive for January, 2006

O mestre agradece

Wednesday, January 4th, 2006

Depois de uma longa espera finalmente o meu orientador liberou a versão final da minha dissertação de mestrado. Com isso, pude solicitar a emissão do meu diploma. Bom, foi uma batalha de quase dois anos e eu tenho muito a agradecer a muitos. Abaixo, segue o coteúdo da seção de agradecimentos. Sei que eles vêem um pouco tarde mas não não faria muito sentido fazer isso antes.

***

Foi uma longa caminhada. Tenho certeza de que muitos me ajudaram no decorrer desse percurso e que, no processo de lhes agradecer, alguns serão inevitavelmente esquecidos. A estes últimos peço desde já as minhas mais sinceras desculpas e dou meu muito obrigado.

Antes de mais nada gostaria de agradecer aos meus pais e à minha irmã, pessoas incríveis que a vida me deu a sorte e a honra de ter como familiares e amigos.

Aos professores Dorgival Olavo Guedes Neto e Wagner Meira Júnior. O percorrer desse caminho foi um processo longo e trabalhoso. Houve trechos mais atribulados do que o de costume, intercalados com léguas e léguas de árduas retas sem fim. O importante é que, findo esse processo, após ter desbravado todo esse percurso, fico feliz de ter tido vocês como guias e mentores. Além disso, gostaria de agradecer aos professores Creto Vidal, Javam Machado e Rossana Andrade por terem me preparado para essa jornada.

A todo o pessoal do POP-CE pela paciência, pela experiência, pela amizade, pelos ensinamentos e por todo o crescimento que eu tive quando trabalhei junto a vocês.

Aos camaradas João Caram de Oliveira e Roberto Jorge Dummar Filho. Os calos dessa caminhada foram todos meus mas vocês bem que compartilharam dos incômodos que vários deles causaram.

Aos “anfitriões” Camila Caram, Tia Jane e Tia Soraya, Pablo de Freitas Melo, Julia Selani Rodrigues Silva Melo, Valeria Goncalves Teixeira, Grace Carneiro Braz, Darwin Oliveira Teixeira Silveira e Rafael Takai, pela hospitalidade e por receberem com tanto carinho um cearense resmungão.

Aos “conterrâneos” e colegas Michelle Nogueira, André Luiz Lins de Aquino por me ajudarem a dar os primeiros passos dessa jornada.

Aos colegas Geraldo Antonio Ferreira, Fernando Almir Nascimento Jr, Patrícia Martins, Danielle Santos da Silva, Erikson Freitas de Morais, Wagner Ferreira de Barros, Marcelo Borghetti Soares, Ademir de Alvarenga Oliveira e Vilar Fiuza da Camara Neto pela camaradagem. Sei que compartilhamos várias das dificuldades passadas no inicio dos percursos que cada um de nós tomou e confesso que, se não fosse o apoio que demos uns aos outros nesse início, o trajeto seria mais tumultuado e muito menos agradável.

Aos colegas Cristiano Maciel da Silva, Bruno Estolano Grossi, Bruno Rocha Coutinho e Walter dos Santos Filho pela ajuda e paciência.

Aos paraenses Daniel Moutinho de Moura, Bruno Brito, Márcio Sequeira, Rodrigo e Vânia Vale e ao quase-paraense Luciano Polisseni. Nem só de trabalho vive o homem e, “égua, muleques”, vocês sabem como poucos fazer uma noite render muitas histórias.

A todo o pessoal do SPEED, em especial a André Assis Chaves George Luiz Medeiros Teodoro, Túlio Coelho Tavares, José Ismael Pereira Junior, e ao Beto e seu bar. “Tá ligado, neguim”!!!

Gostaria de agradecer também ao CNPq e FUNDEP pela ajuda financeira, indispensável nessa empreitada. Gostaria também de agradecer à WayBrasil, à Empresa de Infovias, e em especial a Ricardo Bastos, pelo suporte e pela sensibilidade à pesquisa acadêmica demonstrada ao colaborar com esta pesquisa.

Não poderia deixar de agradecer a velhos colegas e velhos amigos que, mesmo pertencendo a tempos mais remotos, mantiveram-se presentes de uma forma ou de outra e que foram de fundamental importância para que eu chegasse até aqui, quer pela simples e descompromissada amizade, que pelo exemplo de pessoa que foram para mim. Desta forma, gostaria de agradecer a Alison Sellaro Pelucio, Alex Sandro “Freud” Queiroz e Silva, Victor Campos, Viktor Saboia, Ana Shirley Ferreira da Silva, Windson Carvalho de Viana, Getúlio Fiúza e a Themístocles Mesquita.

Finalmente, jamais poderia deixar de agradecer veementemente aos todos os meus amigos e irmãos dos “Queridinhos do Vei Voyeur”, aos associados e personalidades ilustres, em especial ao Rodrigo Santos Rocha e ao Daniel Pordeus de Meneses, sem claro desmerecer a Flávia, Rommel, Clarissa, Alex José, Larissa, Jamille, Juliana, Nataly, Andrezinho, Marcus, Andréa, Samuel e tantos outros. Vocês sabem o tanto que eu prezo pela amizade de vocês, mesmo que eu não diga isso com a freqüência que eu deveria.

***

Update: Corrigi um erro grotesco de português. A tempo:Caio Fagundes, obrigado. No mais, quantos pontos eu perdi nessa redação, Oh! paladino da língua portuguesa que vasculha blogs alheios?