Archive for August, 2005

Relembrar é Viver. Rever velhos conceitos é sobreviver.

Friday, August 26th, 2005

Eu só gostaria de dizer que Perdeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeuuuu!

***

Presente dado….

– Vai, que ninguém está olhando!

Presente recebido…

– Oi. A Srta. poderia fazer a gentileza de devolver a decoração?

***

Da série “gol de placa não ganha campeonato”:

– De onde você é?
– Do mundo!

Da série “hipoglós no sovaco”:

– E amanhã (domingo)?
– Ah! Amanhã a gente acorda umas 6 da matinashhh, vai para o Fitnesshhhhh Centershhh e malha até as 9!

Da série “empregos temporários” :

– Ow moço, quanto é a cerveja?!
– Ah?! Ah! sim, latinha custa R$ 2, latão são R$ 3, para moça bonita faço dois por R$ 5.
– Ah, tio! Faz 3 por R$ 7,50…
– Cara, e o RedBul, ta quanto?
– Segura ai, malandro, que eu acabei de acabar de pegar esse ponto!

Err… Quem tem 120 reais para me dar para eu porder voltar ao Rio daqui a duas semanas?

Camp – Teach Me

Revisitando Velhos Problemas

Tuesday, August 23rd, 2005

um tempo atrás eu comentei sobre algumas ferramentas escritas em python para fazer network sniffing. Precisei construir uma ferramenta dia desses e me dei conta de que aquelas listadas não bastariam. Acabei tendo que recorrer à pcapy e à dpkt. A primeira é um binding da libpcap para python, um dos poucos que permite ler um trace-file em off-line. A segunda é uma ferramenta que facilita a leitura e a decodificação de pacotes lidos diretamente da rede. Por exemplo, com a dpkt é muito fácil extrair o payload de um pacote UDP contido dentro de um pacote IP, por sua vez contido dentro de um pacote Ethernet.

***

E vamos ao linkfest:

Why’s (poignant) Guide to Ruby
Fiquei curioso para ver como ruby é e acabei caindo no guia introdutório de uma linguagem de programação mais louco que eu já vi.
Really getting started with Rails
Mais outro tutorial sobre rails
Hugos House of Weblog Horror – Archiv der Kategorie ‘Python’
Um bom weblog sobre python em alemão.
Ian Bicking – A Conservative Metaclass
Ótima referência sobre o que fazer e o que não fazer quando estiveres fazendo uma metaclasse em python
MIT OpenCourseWare – Applied Statistics, Spring 2003
Da série “relembrar é viver”
HP Technical Reports – Peer to Peer computing
Para os interessados, uma visão geral da área de P2P pelo pessoal da HP.

Solteiro no Rio de Janeiro

Tuesday, August 23rd, 2005

Meio que na pressa, como que se fosse uma decisão tomada na hora, fui para o Rio de Janeiro, passar o final de semana. Só tenho que reclamar do tempo que foi curto.

Rio de Janeiro - Welcome to Sugar Loaf

Por que essa foto sem graça? Por que nenhuma outra faz juz à cidade :-P

Comparações entre Web Frameworks

Wednesday, August 17th, 2005

Dia agitado na blogsphere das linguages dinâmicas mais hypes do momento: ruby e python ;-) E, novamente, tudo por causa do Ruby on Rails.

A menos que você esteja escondido em uma caverna (porque o RoR já apareceu até na slashdot), a proposta do Rails (bem como da maioria das web frameworks que estão aparecendo) é facilitar ao máximo a vida do programador de “webapps”, geralmente adotando uma filosofia DRY e organizando a aplicação segundo um modelo MVC. Nada de escrever código para fazer CRUD: a arquitetura faz isso por você. Nada de escrever código SQL: usa-se algum tipo de ORM para transformar acesso a objetos em acessos ao banco de dados.

Desta vez a agitação ocorreu não devido a outra language-war entre o pessoal do Ruby e do Python, mas devido a uma comparação entre o Rails e o Django, a proposta do mundo pyhton para o Rails. Essa comparação, entitulada A comparison of Django with Rails, gerou uma boa seqüência de artigos e comentários.

Enquanto alguns artigos concentraram-se em fazer comentários sobre essa comparação ou de explicar como migrar de um web framework para o outro, outros voltaram para as comparações. entre as linguagens.

Para quem quiser entrar mais no mérito das language-wars, uma boa pedida é o artigo Ruby, Python, “Power” ou uma entrevista com o BDFL do mundo Ruby, onde ele comenta sobre closures e coisas do gênero.

Vale a pena dar uma lida nos comentários de todos os posts “linkados”: muita coisa boa pode ser peneirada de lá. Além disso, vale a pena dar uma olhada no seaside, uma web framework para – pasmem – smalltalk.

Eu quero é sossego

Wednesday, August 17th, 2005

Eu só preciso me convencer disso…

Yahel & Eyal Barkan – Voyage (Sunstancia Remix)