Archive for July, 2005

Pedala, Macambira

Wednesday, July 20th, 2005

Murphy simplesmente adora o Prof. Macambira. Ou seria o professor que não cansa de desafiar Murphy?

***

Isso, dorme no ponto…

***

Não, até aquele domingo eu nunca tinha bebido uma Pepsis tão gostosa. Ah, é, eu sou dislexo. ;-)

***

“Clã das Adagas Voadoras” é o filme! Vê-lo logo depois de assistir a “Kill Bill 2″ então é de deixar qualquer um eufórico.

***

E os links python do dia são:

Viva La Chipperfish
Blog sobre Webdevelopment, frameworks, Python e outra coisas do gênero

Django Project

Seria esse o real competidor do Ruby vindo do mundo Python?
Bloc Party – Banquet

Festival BMF escala DJs Tiga e Paul van Dyk

Thursday, July 14th, 2005

Quem vamos para o BMF?

Kamaelia

Tuesday, July 12th, 2005

Direto do sítio do Kamaelia:

Kamaelia is designed as a testbed for network experimentation using a component architecture designed to simplify creation and testing of new protocols for large scale media delivery systems.

But what is it?

A collection of python generators running concurrently linked via communications channels.

Idéias começaram a pipocar na minha menta na hora que eu li isso. Eles até fazem uma comparação entre esse projeto e o Twisted no blog deles. Detalhe: esse projeto é do pessoal da BBC opensource.

***

Esse cara faz uns desenhos bacanas.

Paul Johnson – It’s a Love Thang

Só tenho quatro coisas a dizer….

Thursday, July 7th, 2005

Passou. Eu defendi. Não pude comemorar no dia, não pude voar para Fortaleza para me encontrar com um tanto de gente que eu queria ver mas ainda assim, no domingo, reuni amigos e enchi a cara – e ainda paguei para que os outros enchessem também. ;-) Para todos que não puderam passar ou não ficaram até o final da comemoração, eu só tenho quatro coisas a dizer:

Johnnie Walker Black Label

Falando sério, para todos aqueles que ligaram, postaram aqui, enviaram SMS, meu muito obrigado. Foi um parto de 2 anos, com vários momentos chatos e é bom saber que tinha gente que torcia por mim, gente que tinha saco de escutar as minhas lamúrias via ICQ. Enfim, tudo isso seria muito mais díficil se não fossem vocês.