Archive for March, 2004

Meu novo melhor amigo

Tuesday, March 23rd, 2004

Eu ainda não o testei, mas o PyShaper promete se tornar o meu melhor amigo (e do João também) em pouco tempo. Por que? Limitação de banda sem complicação, sem burocracia, com GUI e tudo mais! Pense: poder ligar o aMule e o BitTorrent sem ter medo de deixar a conexão tão engargalada a ponto não poder nem mandar uma mensagem no ICQ – “Ah! É muito para mim pai! ®” :cool:

Essa notícia foi trazida a você pela Daily Python-URL.

Updates logo à noite :-D

DanMass – Haze

Há uma núvem de lágrimas sobre meus olhos

Sunday, March 21st, 2004

Acordar com uma música dessas na cabeça não deve ser um bom sinal :-P

Será que se eu abdicar da minha já limitada vida social e bitolar como eu fiz nesse final de semana, virando noites, trabalhando num esquema 24/7 no mestrado, eu consigo ir para Fortaleza?!

Quem sabe… quem sabe…

Demônios da Garoa – Samba do Ernesto, Trem das Onze

Mas que números são esses?

Saturday, March 20th, 2004

Nem sempre as coisas saem como a gente imagina – e espera.

(quinta, no laboratório)

  • - … e essa listagem contêm o número bytes baixados por fragmentos por arquivo.
  • - Sei… Quantos arquivos tem essa listagem?
  • - Deixa eu ver… (invocando os poderes da Mighty CLI). Mil e cacetada…
  • - Mil? De onde veio esse número?! Não casa com nenhum outro relatório seu anterior!
  • - !?
  • - ???
  • - Ahhhhhhh! É que essa listagem contém tanto os pedidos que geraram tráfego como blá blá blá… A gente listava apenas pedidos que geravam tráfego anteriormente.
  • - Certo… mas pegando apenas o que “deveria” constar nessa listagem, com quantos arquivos ficamos?
  • - (mais encantamentos no teclado) 690
  • - ?
  • - Que foi?
  • - E que número é esse?
  • - Uh… (pânico)

(Logo após, em uma palestra, falando com os orientadores…)

  • - Professor, aproveitando a deixa, diante desses contra-tempos e das constantes indagações da minha família, ainda dará para eu ir para Fortaleza na semana e..
  • - (Conversa entre orientadores) Ô fulano, Macambira está perguntando se…
  • - O quê?! Ele não é nem louco de querer viajar em abril!

À noite, o celular toca. Mais detalhes, coisas a serem feitas durante a noite. No dia seguinte, vejo o desastre aparecer na forma de um programa que não se mantêm em pé por muito tempo. Deve ser por isso que dizem que vida é o que acontece a você enquanto você está ocupado fazendo planos. Que merda que ela acontece tanto.

<ironia>É… eu nem queria mesmo ver o mar e comer caranguejos – nem um pouquinho. E eu queria muito passar meu aniversário em BH.</ironia> À labuta…

The White Stripes – Girl, You Have No Faith In Medicine

Hit_por_fragmento_fu

Wednesday, March 17th, 2004

Mais um dia-fu. Pois é: uma script que eu achava que ia sair rapidim acabou demorando, demorando, demorando e estou aqui, às 21:30 da noite no DCC, no meu notebook (já falei dele?!) terminando essa maldita coisa para poder ir para casa.

Preciso dizer q eu faltei ao Kung-Fu hoje?

Suede – Atitude

Chá verde no café da manhã…

Monday, March 15th, 2004

Uma xícara de chá verde, vontade de comer caranguejo e sentir areia da praia sob os pés e uma música na cabeça:

Ha ha ha, hee hee hee
“I’m a laughing Gnome and you don’t catch me”
Ha ha ha, hee hee hee
“I’m a laughing Gnome and you can’t catch me”
Said the laughing Gnome

David Bowie – The Laughing Gnome

Boa segunda-feira para vocês também :-D

David Bowie – The Laughing Gnome

Barato do bom

Monday, March 8th, 2004

Para quem gosta de HIG e coisas do tipo:

… any sufficiently advanced illusion is indistinguishable from reality

Para quem gosta de café:

There is sound scientific reason to enjoy your morning espresso without worrying about the health effects.

E pra nós que não sabemos viver sem um fone de ouvido:

To Dr Michael Bull, portable music players are “multi-faceted transformative devices”, a “tool whereby users manage space, time and the boundaries around the self.”

“Desculpaolin” – São elas que me perseguem!

Monday, March 8th, 2004

Dado o seu título, este post bem que poderia seguir com versos da conhecidíssima “Mulheres” do Martinho da Vila. Claro que, dado meu carma, eu rapidamente pularia para a metade do nono verso da primeira estrofe (e desequilibradas…). Não que eu acredite muito nisso de vidas passadas mas quem tem Murphy como pastor não precisa delas para ter carma. Mas indo direto ao ponto, a capacidade que eu tenho para conseguir, mesmo quando a contra-gosto, desculpas para faltar ao Shaolin, é uma coisa impressionante.

Semana passada não fui um dia sequer ao treino. Sabe aqueles dias em que, quando chega a hora e deitar a cabeça no travesseiro, você se pergunta “O que eu fiz de útil hoje?Nada?!”? Não tive um dia sequer desses nessa semana. Não tive também pique de ir treinar nem quando eu tinha tempo de folga já que, tendo várias vezes dormido apenas 3 horas de um dia para o outro, não me restavam forças para fazer uma seqüência de chutes que fosse.

Hoje, estava saindo até mais cedo do que de costume para não ter perigo de perder nada do aquecimento, ficar jogando um pouco de conversa fora e etc. Agora saca só essa: fiquei trancado do lado de dentro do prédio. O controle remoto do portão não fazia-o abrir de maneira alguma. E não é como se desse para chegar lá de ônibus em 15 minutos. Assim, fiquei aqui em casa mesmo.

Assim, como vocês podem ver, não é pura falta de vontade. Até pelo contrário: eu tento, eu juro que eu tento, mas sempre aparece uma desculpa-fu para me impedir. O jeito parace ser tentar ir para o treino pela manhã, quando o conjunto de desculpas e problemas é menor do que o da noite. Assim espero…

Belle and Sebastian – Stop, look and listen

Dia de faxina

Sunday, March 7th, 2004

Às vezes morar “só” é um saco, e esse sentimento só tende a se intensifiicar nos domingos:

  • Ter que perder um tempão limpando a reca de cueca suja que você deixou acumular
  • Abrir a geladeira para se lembrar que fazem 5 dias que você não compra pão
  • Passar a noite do domingo organizando notas fiscais e canhotos de cheques – quais cairam, quais faltam, de onde foram…
  • A pilha de louça que você deixou desde sexta terá de ser limpa – e hoje é um dia tão bom quanto qualquer outro
  • Não passa nada que preste na TV
  • Alguém vai ter que organizar a constante bagunça do seu quarto, devidamente subdividida na estante, cama, mesa, e na várias prateleiras do guarda-roupa – adivinha quem
  • Quase ninguém aparece no ICQ…

Muse – Time is running out

Qual é o apelido dele mesmo?

Tuesday, March 2nd, 2004

Pessoal mais próximo de mim deve saber do que se trata a minha dissertação de mestrado e das pequenas tarefas que ela inclui, entre as quais temos montar uma estrutura de monitoração de tráfego P2P.

Então, hoje seria o dia de colocar uma versão experimental desse treco no ar. E lá passei eu a noite em claro, de ontem para hoje, resolvendo todos os últimos pepinos urgentes que restavam.

Acordo hoje, ou melhor dizendo, me levanto após 3 horas de quase-sono e, no meio do café, me liga meu orientador:

  • - E aí, a caminho?!
  • - Sim. Já estava de saída…
  • - Mas a reunião mudou de lugar. Vai ser noutro canto…
    Não precisa levar a máquina. Você a instala lá amanhã mesmo.

Beleza, faltei o Kung-Fu e tive uma noite mal-dormida em vão. Mas tudo bem – trabalho adiantado é lucro para quem vive atrasado. E, para não perder o costume, chego lá na reunião 30 minutos depois do horário previso:

  • - Esse ai é o Tiago.
  • (E o cara lá) Beleza? Qual é mesmo o apelido dele que você disse?!
  • - Que apelido? Macambira?! É sobrenome…
  • (E o cara… sem graça)

É… Cada uma Pai!

A3 Featuring Errol Thompson – Peace in the Valley

Cara nova na área

Tuesday, March 2nd, 2004

Novo template para o blog. Peguei-o junto com os outros vencedores do WordPress Style Competition. Gostaram? Não?! Então vão todos tomar no meio do oi do seu… umbigo! :P

Márcio José – O Telefone Chora