Archive for January, 2004

Uma esmolinha peloamordideus!

Saturday, January 31st, 2004

Eu quero ir para a DebConf 4 – The 5th annual Debian Conference – mas tô liso. Alguém quer financiar a minha ida?! Papai?!

Groove Armada – Final Shakedown

O banzo não tarda – mas não fere

Saturday, January 31st, 2004

Faz dois dias que uma gripe me persegue. Não reclamo. Serviu como mais uma desculpa-fu e mesmo com ela ainda fizemos uma pequena festa aqui em casa. Juntamos alguns colegas da faculdade num ambiente descontraído e divertido. Alias, a sala iluminada fracamente apenas por uma luz vermelha foi uma cena inesquecível: “Opa! Que é isso?! Virou bordel?!”

Sei que acordo hoje, já melhor, e lá para as tantas, estamos eu e o João assistindo o que diabos tivesse de bom na TV numa manhã de sábado – quase nada. Indo para a geladeira encontro uma garrafa de fanta morango – cada uma que inventam esses dias… De repente vêm aquela idéia:

- Ê João, pense que essa Fanta Morango deve ser boa com vodka.
- Ô!
- Pera aê…

E lá vou eu puxando a sempre presente garrafa de vodka da geladeira ( Smirnoff Red, pelo menos isso! ) e derramando uma dose e meia da mais cremosa e gelada vodka da casa no copo vermelho cor-de-gelatina.

10 minutos depois já estava indo para o round #2 e para o computador, escrever o resto da proposta de dissertação. Nem preciso dizer que não consegui descer uma linha que fosse desta, mas já tava indo para o 3o. copo da mistura. Na cabeça já tinha ancorado os meus fones de ouvidos e deixado tocando a última infeliz música que eu baixara. Sim, a própria do post anterior. Sério, esse Carlinhos Brown tem um pacto com o caderudo, o rabudo, Asmodeus, chifrudo, coisa ruim: já acordei o dia com a maldita música na cabeça. Um saco! Lá para as tantos puxo um dos CDs de forró que eu comprei horas antes de vir de volta para cá e que ainda estavam no plástico e coloco para tocar. E aí, eu, que estava tão bem, me lembro de casa, da praia, dos meus pais, minha irmã, meus amigos, meu quarto, do cheiro de maresia chegando pela janela pela manhã, da sensação da areia da praia nos pés, do barulho do telefone tocando incessantemente nos finais de semana, do cheiro de suor do Cantinho do Céu, da cerveja quente do Clube do Vaqueiro, do atendimento ruim de qualquer barraca de praia da Praia do Futuro.

É, o banzo tarda, não falha, mas não já não doi mais tanto quanto doía antes. É aquela história: finalmente, não há mais cacos para recolher. As coisa vão bem não por haver algo em especial que as tornem melhores, mas por não existir nenhuma razão especial para não estarem dessa forma. Engraçado me dar conta disso, engraçado quando um “Já se acostomou com a cidade?!” me faz responder com um tom de surpresa.

Mas minto, existem sim alguns cacos. Mas não foram cacos que eu joguei no meu caminho e não tenho mais paciência de simplesmente pisar sobre eles, fingir que está tudo bem e olhar para quem os jogou e fingir que nada aconteceu. Para esses cacos, o que fazer senão jogá-los de volta? Se quem os jogou achar ruim, paciência – eu também não gostei deles. Cada um que se vire com seus “cacos”.

Será que você é…

Friday, January 30th, 2004

tableless ? Se você mexe com HTML e não sabe então você está maus – sehr sehr maus!

DI – LIVE SHOW – Dj Ciacomix from Germany – 30-Jan-2003

O dadaísmo, o “dandalundismo” a “bahianidade”

Friday, January 30th, 2004

Até pouco tempo atrás eu eu achava que “Moloko – Fun for me” era o mais perto que uma música com algum sentido poderia chegar da fronterira do dadaísmo sem cruzá-la. Errei feio: tinha me esquecido de toda a “bahianidade” existente na música brasileira – sem sentido pejorativo.

Exemplo?! Olhem essa letra e me digam: sobre o que exatamente ela se trata ? Não faz o menor sentido. Não que precise: não é pela letra que se escutaria uma música dessas de qualquer forma…

Maldita gripe….

Margarete Meneses – Dandalunda (Coquêêêêêêêêêêêêêêê – É a gripe, é a gripe!)

Desculpas-Fu – elas nunca acabam

Wednesday, January 28th, 2004

É. Eu deveria criar logo uma nova categoria para isso aqui no blog. Preciso dizer para onde eu não fui hoje e segunda?!

Mas é aquela veeeeeeeelha história: todo final de semestre é igual – não tem jeito. Proposta para entregar até sexta, as velhas pendências ( tempo que eu não dizia essa palavra ) que vão se amontoando , se amontoando…

Mas nada de reclamar – muito. Até porque, nesse final de semestre, está tudo indo estranhamente bem. Será que Muprhy, o semi-deus malandro da desgraça irônica, se esqueceu de mim?

The White Stripes – Elephant

Coding? Das ist verboten!!!

Saturday, January 24th, 2004

O futuro não aparenta ser bom para nós de Ciência da Computação – até para pesquisadores:

We’re looking at a future where only the very largest companies will be able to implement software, and it will technically be illegal for other people to do so.

Antes tarde do que nunca – atualização do blog

Monday, January 19th, 2004

Atualizei esse blog para o “WordPress 1.0 Platinum“. Ainda existem algumas coisas por fazer mas fica pra depois que eu voltar do Shaolin :-P Pois é Srs., é hoje – não tenho mais desculpas.

Fatboy slim @ Brighton Beach – Black and White Brothers – Put Your Hands Up

Cafééééééééééééé

Thursday, January 15th, 2004

Eu nunca fiz um teste para ver se eu realmente tenho ADHD mas os indícios são fortes:

Yet, stimulants control ADHD’s hyperactivity and ADD’s poor impulse control. Many people with ADD/ADHD consume huge quantities of coffee and cigarettes, because caffeine and nicotine help with focus. Stimulants are used because they increase activity in the part of the brain responsible for impulse control, a part which is shown by MRI images to be less active among people with ADD/ADHD.

Cada uma que a gente inventa para justificar nossos vícios :-D

Jogo dos 7 erros – C

Wednesday, January 14th, 2004

Ache o erro no código abaixo e ganhe um “Mini-Chiclets”:

	BEEN_HERE;
	printf("Count_new=%i\n",client->count_new);
	printf("Diff=%i, count=%i, offset=%i\n",client->count -
		client->offset,client->count,client->offset);
	(void*)hdr == (void*)client->data;
	printf ("Msg id = 0x%02x\n", hdr->msg);
	conn_state->state= skip_full_packet;
	conn_state->next_packet_offset =
		client->offset +
		EDONKEY_HEADER_SIZE -1  +
		hdr->packet_size + 1;
	BEEN_HERE;

Não vale passar isso pelo lint e se você demorar mais do que 1 minuto pensando tb já foi!

Desculpas-Fu

Monday, January 12th, 2004

É “inacreditível” a capacidade que eu tenho para criar desculpas para não voltar aos treinos de kung-fu/Shaolin do Norte. A do dia é: vou doar sangue. Estou curioso por saber qual será a de quarta.

Para ir para o CEU nadar eu tenho uma ótima: roubaram tudo que eu tinha de natação quando arrombaram meu carro.

Para não mexer nos computadores dos outros, salvo quando um grande amigo pede, eu tenho uma que é infalível: eu só uso linux. Problema é quando o(a) cara não sabe o que diabos é linux – ai o bicho pega…

lamP wars

Wednesday, January 7th, 2004

Eu posso até não torcer para nenhum time de futebol, mas não fale mal de python perto de mim não que eu dou uma resposta tipo a desses caras:

Python Powered. Perl is for sissies, PHP is for lusers.

Para você ver, bom gosto e bom senso às vezes andam juntos.