Espécimes brasileiras

Meus amigos de BH não conseguem entender o que é um “gato vei” sem que eu tenha que perder uma infinidade de tempo tentando futilmente explicar algo que apenas uma vivência plena e a experiência traz. Ainda assim, sob o pretexto de que “uma imagem vale mais do que mil palavras“, tentei traduzir aqui algumas expressões que, a primeira vista, talvez não façam o menor sentido para nossos colegas da terra dos comedores de pão de queijo e do ET de Varginha – apesar de que eu tenho certeza de que eles sabem muito bem o que duas das 3 definições a seguir significam.

Foto com um gato veis, um catraeiro e uma praia

Atentem para o buchinho, o a proximidade do elemento da caça, o detalhe da mão, e a imensidão desse oceano de Deus!

ID and T Trance 2003 vol. 1

5 Responses to “Espécimes brasileiras”

  1. Betinho says:

    Acho que Gato Véi é igual a Canoa. Não adianta contar como é: a negada tem que ir lá, ver e provar, pra ter noção do troço

  2. Pordeus says:

    Caro Maca, tb tenho tentado explicar aqui no Rio para a galera do Brasil inteiro o q é gato-véi e só consegui explicar mesmo mostrando ao vivo. Muitos sacaram na hora :)

  3. Pordeus says:

    Hhehe! mostrei isso pra dois amigos do trabalho hj, um baiano e um brasiliense: agora eles entendem o q é :)

  4. ventonegro says:

    Eu sou Certified 100% Free of Gato-véi.

Leave a Reply